1. Página Inicial
  2. Notícias
  3. Assistência Social
  4. Orientações sobre o trabalho infantil continuam sendo realizadas pela Prefeitura de Santarém
Orientações sobre o trabalho infantil continuam sendo realizadas pela Prefeitura de Santarém Autor: Divulgação Semtras

Orientações sobre o trabalho infantil continuam sendo realizadas pela Prefeitura de Santarém

Geisa de Oliveira
Publicado em - Atualizado
As ações são realizadas pelo GTI.

Com objetivo de orientar e fiscalizar os donos de bares, restaurantes, choperias, carvoarias e a sociedade em geral, afim de identificar e coibir ações que levam crianças e adolescentes para situação de trabalho infantil, a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras), através do Grupo de Trabalho Intersetorial (GTI), iniciou em fevereiro ações pela cidade. 

O GTI é composto pelas Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Aepeti), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdca), Policiamento Comunitário Escolar, Equipe de Abordagem Social, Conselho Tutelar, Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest).

Na ação, a equipe visitou a orla de Santarém e carvoarias localizadas no bairro Ipanema e no entorno da Serra do Saubal e Cambuquira.

A visita nas carvoarias aconteceram nesta sexta-feira, 05.

"Os proprietários receberam muito bem a equipe e ficaram à disposição para nos ajudar. Divulgamos os canais de denúncia e o contato do Conselho Tutelar e vamos continuar com essas ações até abril deste ano", contou Edinelson Sousa, coordenador da Aepeti.

O coordenador e equipe falaram que durante as orientações nenhuma criança foi identificada em situação de trabalho infantil. 

"Este é um trabalho em parceria, por isso que existe o GTI, que acompanha e nos ajuda com as orientações, nós precisamos que os empresários dos estabelecimentos comerciais, carvoarias e a população nos ajude denunciando, para que possamos dar os encaminhamentos necessários e avançar no enfrentamento ao trabalho infantil em nosso município", avaliou Celsa Brito, secretária municipal de Trabalho e Assistência Social.

Política de Privacidade

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.